Frio na medida certa, cidade aconchegante, povo amigável e excelente gastronomia. Precisa de mais alguma coisa? Como visitávamos Monte Verde/MG pela terceira vez, resolvemos fazer um roteiro um pouco diferente: visitar e provar os restaurantes mais bem recomendados da cidade e finalizar com um post com os que mais gostamos.

Tem opção de massascarnes, o clássico e indispensável fondue, uma chocolateria, um bistrô e até uma loja de vinhos onde você pode fazer uma degustação harmonizada com frios. Se tem algo que você não vai passar em Monte Verde, definitivamente, é fome – muito pelo contrário, aliás!

Cantina Portale di Napoli

Localizada bem na entrada da cidade, essa cantina italiana pode ser sua primeira parada! Depois de algumas horas de estrada, nada melhor do que parar num restaurante gostoso e começar a estadia com o pé direito!

O menu traz os pratos tradicionais da culinária italiana, porém a especialidade da casa é o polpettone. E pode ir nele de olhos fechados. Acompanhado de uma massa, a estrela da casa é recheada com queijo. Ah, e tem mais! O molho é feito com tomates italianos, cozidos por 8 horas. Deu água na boca? Então dá uma olhada nas fotos abaixo!

Pra ir se aquecendo pro prato principal, peça pelo couvert! Pão italiano acompanhado por mussarela de búfalaazeitonas roxas e uma caponata de beringela irão abrindo seu apetite da melhor forma possível.

Tudo muito bom, né? Pode melhorar: o atendimento também é excelente! Já imaginou ser servido pelo sósia do Mr. Bean? Pois é! O maître entrou na onda da brincadeira e desfila entre as mesas, anotando os pedidos, portando uma foto do ator britânico pregado ao uniforme.

Mistral Verde

Gosta de vinhos? Então, o Mistral Verde é parada obrigatória. Entre as centenas de rótulos a venda, você encontra 3 máquinas importadas, com 2 vinhos em cada uma delas. Os vinhos dispostos ali, escolhidos a dedo pelo simpatissíssimo sommelier Alexandre Levi, podem ser degustados em menores quantidades.

Há sempre opções de vinho tinto, branco e rosé para serem degustados por taça. Destaque também pra degustaçãodesses vinhos harmonizados com queijos e presuntos. Leve uma boa companhia, sente-se numa mesinha lá fora e aprecie o movimento da cidade provando alguns dos melhores vinhos? Nada mau, né?

Casa do Fondue (Restaurante Mont Vert)

Em uma cidade de serra, com aquele friozinho, o que não pode faltar? Fondue, é claro! Opções não faltam: quase todos os restaurantes oferecem rodízio de fondue a preços excelentes – principalmente se comparados à São Paulo, por exemplo.

Mas se você quiser ir a um dos mais tradicionais restaurantes dessa iguaria na cidade, pode ir direto pra Casa do Fondue. E quer uma dica? Vá com calma nos fondues salgados e guarde espaço também para os doces.

Pra começar, os consagrados fondues de carne e queijo. O de queijo acompanha batata doré, pão italiano, goiabada e legumes. Já o de carne, acompanha 8 tipos de molho como barbecue, palmito, chimichurri, entre outros.

Bom, finalizada essa etapa, é hora dos fondues doces. E é aí que o Restaurante Mont Vert se consagra! Tem o tradicional fondue de chocolate belga, além de doce de leite e o novíssimo Leite Ninho com Gianduia. É pra fechar com chave de ouro mesmo!

Villa Dona Bistrô

Outra opção muito bem recomendada em Monte Verde é o Villa Dona Bistrô. A proprietária e chef de cozinha Sônia Kohen está sempre por lá e é um amor de pessoa. Tudo é feito com tanto carinho que não tem como a comida não ser deliciosa.

Pra abrir o apetite, vá no Arancini (o famoso bolinho de arroz) com a incrível geléia de pimenta. E enquanto se delicia com essa excelente entrada, escolha um dos pratos do cardápio artesanal.

Uma rápida pesquisa no Google enquanto o prato não chega dá uma ideia do que esperar: o Villa Donna sempre está entre os 3 melhores restaurantes de Monte Verde. Antes de ir ter essa experiência gastronômica por lá, vale a pena dar uma olhada no calendário que há no site oficial. Explico: alguns dias o bistrô abre pra almoço e janta, enquanto em outros só para almoço ou só para janta.

Fomos de Lasagna da Donna (Massa Fresca, Molho Branco, Cogumelos Frescos, Mussarela e Parmesão) e de um Risoto. Nem preciso dizer que ambos eram pra comer de joelhos, né? Pra fechar bem, um Crème Brûléeincrivelmente delicioso. Ah, não deixe de provar o Suco de Uva Branca.

Chocolate Montanhês

Entre uma refeição e outra, nada melhor do que um cafezinho ou um chocolate quente! E por que não uma tortinha de maçã, tradicionalíssima na Europa – a Apfelstrudel? O melhor lugar pra você fazer isso é no Chocolate Montanhês. Famosa em Campos do Jordão, a chocolateria tem uma loja licenciada em Monte Verde, administrada pela queridíssima Mônica Milev e seu marido Fernando.

Nós provamos a deliciosa Apfelstrudel com sorvete de creme, chantilly e calda de physalis, além da especialidade da casa, o brownie de chocolate com nozes, que acompanha calda de framboesa e sorvete de creme. Simplesmente divinos. Pra fechar em grande estilo, experimentamos 2 chocolates quentes: um com marshmallow e outro com Amarula e chantilly.

Depois de ir ao céu e voltar com tanta coisa deliciosa, dê uma olhada nas prateleiras de chocolates e leve pra casa um pedacinho de Monte Verde em forma de doce! Destaque para as fantásticas ramas, que derretem na boca. Parada obrigatória pra quem gosta de uma guloseima!

Villa Amarela

Pra finalizar a experiência gastronômica, almoce ou jante no Villa Amarela. É lá que você vai encontrar a tradicional comida mineira! Na verdade, eles primam pela variedade no cardápio, mas a principal estrela é o Leitão a Pururuca, que acompanha ovo, linguiça, torresmo, couve refogada, tutu de feijão e banana à milanesa.

Outro prato provado e aprovado é o Filé a Parmegiana, que vem muitíssimo bem servido. Acompanha fritas, parmesão ralado e arroz. O ambiente do restaurante é bem agradável e o atendimento também é muito bom. Com várias televisões espalhadas pelo salão e, geralmente, um músico tocando ao vivo, o restaurante também é o lugar ideal pra curtir uma cerveja com os amigos. Recomendadíssimo!

Autor do Post: ANDY SPINELLI

PUBLICADO POR: DESTINOS IMPERDÍVEIS

Quem não adoraria tirar uma folga do serviço ou do estudo, arrumar as malas e partir para um destino totalmente desconhecido? Além da possibilidade de criar memórias incríveis e se divertir muito, existem outras razões que podem lhe incentivar a aumentar a sua frequência de viagens.

Sabe aquela sensação de que o tempo demorou bem mais para passar? Então, isso ocorre quando você está em um lugar novo, de preferência, bem diferente de sua residência. E isso é excelente, já que faz com que seu cérebro fique mais jovem.

Nos Estados Unidos, o professor da Baylor College of Medicine, David Eagleman, realizou diversas experiências para provar que o tempo passa de maneira distinta para cada pessoa. Ou mesmo em cada etapa da vida. Ele descobriu que ao longo da infância, quando tudo é bastante novo, o cérebro possui uma série de coisas desconhecidas para experimentar e provar. Com o crescimento, o tempo começa a passar lentamente.

No entanto, com a definição de uma rotina diária, em que praticamente tudo é parecido ao dia anterior, não existe qualquer desafio. E tudo se transforma em tédio. A maneira mais simples de rejuvenescer o seu cérebro é colocar o pé na estrada e conhecer locais novos. Nesses instantes, o seu cérebro retorna ao trabalho em capacidade máxima.

Viajar expande os seus horizontes

E você já ouviu o ditado popular que “viajar pode expandir os seus horizontes”? Isso também é verdade. Um estudo da Universidade de Indiana, na cidade de Bloomington, reuniu voluntários para um experimento. Os participantes necessitavam desenvolver alternativas para a mobilidade de uma cidade. Enquanto um grupo residia no local, o outro estava a milhares de quilômetros na Grécia. As sugestões mais criativas partiram justamente dos participantes gregos. Basicamente, quando você se distancia de algum dilema, seja através de uma viagem de férias, acha resoluções menos obvias.

Além disso, você também se transforma em uma pessoa muito mais interessante e culturalmente rica. De acordo com um levantamento do site Itsjustlunch.com, em um primeiro encontro amoroso, as pessoas preferem falar mais do que gostavam de fazer e onde estiveram.

Fica evidente que viajar também colabora com a sua vida social. Afinal, conhecendo pessoas diferentes, você aprende novos conceitos e passa a absorver com facilidade as diferentes crenças e estilos de vida.

Quando será a sua próxima viagem?

Você já tem motivos de sobra para agendar a sua próxima viagem. No entanto, como fazer para viajar com o país enfrentando uma crise econômica e com o risco de perder o emprego? Você não precisa necessariamente fazer um cruzeiro de luxo para a Europa para usufruir de todos esses benefícios.

O simples fato de curtir um fim de semana fora de rotina já é o bastante para aumentar a sua criatividade, diminuir o estresse, aliviar o cansaço da correria do dia a dia e desenvolver novas habilidades.

Você pode se desligar da agitação da cidade grande para se refugiar no interior durante o final de semana ou mesmo nas suas férias. Estar cercado pela natureza é um excelente remédio para acabar com a tensão acumulada e recuperar as suas energias.

POR: Blog Vale Encantado > https://goo.gl/N7jSvA

POR SÁVIO BRAYNER

Não faltam razões ou motivos para viajar. Viajantes exploram inúmeras partes do mundo. No entanto, as recompensas dessas jornadas nem sempre ficam registradas apenas em fotografias. Elas são oriundas de processos internos complexos e significativos. Conhecer novos lugares e culturas é uma das mais agradáveis experiências que o ser humano pode vivenciar. Significa mergulhar num universo amplo, distinto, surpreendente. Tal processo solta amarras, instiga, produz ensinamentos. Destacam-se aqui sete lições que viagens — com ou sem destino — podem ensinar a andarilhos de diversas estirpes.

Sávio Brayner é autor do livro Estrada Aberta.

 

Recentemente, vários blogs de viagem repercutiram o resultado de um estudo do professor de psicologia Thomas Gilovich, da norte-americana Cornell University, segundo o qual investir em experiências traz mais felicidade do que consumir bens materiais. Não sei se essa fórmula funciona para todo mundo. Mas o fato é que a minha vida está orientada a esse sentido: consumir o mínimo para experimentar o máximo.

Já gostei de roupa de marca, tive carro do ano, me endividei por motivos fúteis e gastei pequenas fortunas em tratamentos estéticos. Hoje em dia, essas mesmas coisas simplesmente não me despertam o menor interesse – carro, por exemplo, não tenho há 15 anos. O desapego não foi uma decisão consciente e com data marcada. Não tenho nenhum guru. O processo aconteceu gradual e naturalmente (num ritmo que ganhou força na medida em que comecei a gostar mais e mais de viajar). E imagino que seja irreversível.

Todas as minhas roupas cabem em duas malas grandes. Não me daria bem como blogueira de moda, mas isso não quer dizer que ande por aí molambenta (acredite, a gente não precisa de tanto para fazer bonito). A última peça de roupa que comprei foi em dezembro de 2015: uma malha de lã que substituiu uma anterior que estava velhíssima (tinha uns quatro anos). Antes disso, minhas últimas aquisições tinham acontecido em julho de 2015, durante a liquidação espanhola – quando geralmente aproveito para substituir algumas peças que estão sem condições. Veja bem: substituir. Somar já não interessa mais. Se algo entra, algo tem que ser descartado. A visão de um armário abarrotado hoje em dia de provoca aflição.

Viajar para consumir (alô, Miami) é, provavelmente, a última coisa que faria na minha vida. Compro pouquíssimo durante viagens – e apenas coisas com um mínimo de significado. Eis o que adquiri em dois meses de África até agora: enfeites pequenos em forma de passarinho, cremes de Aloe Ferox (uma planta milagrosa sul-africana), duas capas de almofadas artesanais e um colarzinho. Só. Não à toa, é raríssimo que eu dê dicas de compras aqui no blog.

Minha casa é gostosa e simples. Justamente por isso, não tenho o menor pudor em alugá-la a outros viajantes quando estou rodando o mundo. Basta a gente transferir o conteúdo do armário para algumas malas e voilá, há espaço de sobra para os novos moradores. O processo seria muito mais complicado se tivéssemos muitas coisas.

E então muita gente me pergunta (e se pergunta) como é que conseguimos – maridão e eu – viajar tanto. Obviamente, isso tem a ver com um estilo de vida flexível (somos freelancers), com as facilidades que morar numa cidade como Barcelona oferece (não ter carro é uma delas) e com uma conjunção de outros fatores. Mas a base de tudo é matemática pura: consumir menos para viajar mais. Aquela maravilhosa jaqueta de couro que quase comprei no início do inverno, por exemplo, acaba de ser convertida em 10 dias numa praia em Moçambique. Quantas experiências você poderia ter vivido com o que investiu no seu último objeto do desejo? Será que você se lembrará dele com carinho daqui a dez anos? Pense nisso.

Por: Adriana Setti – http://viagemeturismo.abril.com.br/autor/adriana-setti/

 

 

Para quem anda de bem com o chefe ou está com o banco de horas recheado, os feriados são uma oportunidade para dar aquela pausa do trabalho e, por até quatro lindos dias, ir ao litoral, subir a serra, divertir-se em um resort, levar a família para um hotel-fazenda, conhecer Santiago, voltar a Montevidéu…

Veja os próximos feriados programados para 2017 e que nos proporcionarão muitas oportunidades extras para viajar.

 

ABRIL

14, sexta  – Paixão de Cristo

21, sexta  – Tiradentes

 

MAIO

, segunda – Dia do Trabalho

 

JUNHO

15, quinta  – Corpus Christi

 

SETEMBRO

7, quinta  – Independência

 

OUTUBRO

12, quinta  – N. Sra. Aparecida

 

NOVEMBRO

2, quinta  – Finados

15, quarta  – República

20, segunda  – Consciência Negra

 

DEZEMBRO

25,  segunda  – Natal

 

JANEIRO/2018

, segunda  – Confraternização Universal .

Morro de São Paulo é o destino ideal para quem quer viajar de avião, são apenas 25minutinhos de viagem. Nada pode ser mais rápido e confortável do que viajar de avião. Ainda mais quando a viagem é longe e se trata de um lugar turístico, em uma ilha paradisíaca. O Táxi Aéreo de Salvador para Morro de São http://www.wholesalejerseys1.com Paulo é uma excelente alternativa, rápido e com visual incrível onde você pode gastar o dedo de tanto tirar fotos aéreas de Morro de São Paulo e Salvador.

Morro de São Paulo na baixa temporada tem vôos no Táxi Aéreo somente 1 vez ao dia, e em determinados períodos podem ocorrer até 3 vezes na semana somente. Mas quando chega a alta temporada que o movimento é maior, há vôos diariamente, até 3 vezes ao dia, o transfer aéreo para Morro de São Paulo e Salvador é uma excelente opção.

O preço do Táxi Aéreo para Morro de São Paulo é bem elevado comparado aos demais transportes para Morro de São Paulo, e às vezes é até mais elevado do que uma passagem de Salvador para a cidade de São Paulo. A diferença entre estes trechos e seus valores muitas pessoas ainda não sabem, e se questionam o porque do valor ser elevado. Na verdade o avião que faz o trecho de Salvador para a cidade São Paulo é modelo boeing a jato, com capacidade média de 200 passageiros. Já a aeronave que faz o trajeto de Táxi Aéreo de Salvador para Morro de São Paulo é de modelo bimotor com capacidade de até 08 passageiros, por isso o valor fica elevado, pois são poucas pessoas na aeronave e a manutenção destes equipamentos são elevados.

Mas mesmo assim, há quem não deixe de viajar de avião bimotor Táxi Aéreo para Morro de São Paulo, pela praticidade e rapidez de 25minutos somente de viagem. Onde os demais transportes fazem o mínimo de 3 horas.

MORRO DE SÃO PAULO – ILHAS DO BRASIL – ILHA DE TINHARÉ

Morro de São Paulo está localizado em uma ilha chamada “Ilha de Tinharé”. Morro de São Paulo, é um dos povoados mais frequentado pelos turistas. A Iilha de Tinharé possui várias praias são elas: praia do porto de cima, praia do forte, primeira praia, segunda praia, terceira praia, quarta praia e quinta praia. A ilha de um lado é banhada pelo mar com praias e por outro lado banhada pelo rio com mangue.

A Ilha de Tinharé é uma ilha que está em frente à Salvador, porém não é perto não, pelo mar são 3 Nikita Kucherov elite jersey horas de viagem. Por ser um tanto nativa, preservada pelos órgãos ambientais, a ilha de tinharé ainda é bastante preservada, com suas matas, pelos manguezais que dão vida à natureza.

Morro de São Paulo, hoje é um dos destinos turísticos muito procurados pelos turistas brasileiros e também turistas estrangeiros. Pois quem conhece, não esquece jamais.

A palavra “ilha” já é um tanto charmoso, imagina passar alguns dias, longe de tudo e de todos!!!

POUSADAS E HOTÉIS EM MORRO DE SÃO PAULO

São tantas as opções de hotel e pousada em Morro de São Paulo, mas nas altas temporadas e feriados, chega até a faltar acomodações. O destino Morro de São Paulo hoje já possui instalações variadas para todas as escolhas, desde acomodações requintadas até as econômicas.

O café da manhã você encontra em todas as pousadas e hotéis. Desde o café da manhã mais simples e delicioso nas pousadas mais simples de padrão e categoria econômica. As pousadas e hotéis mais requintados, possuem fartura no café da manhã, com várias opções de sucos, pães, variedades de bolos, frutas, cereais, e tantas outras guloseimas que só de pensar já dá água na boca.

Os hotéis e Pousadas em Morro de São Paulo estão cada vez mais requintadas e charmosas, com decorações minimalistas, rústicas, clean, coloridas, para todos os gostos. Vale à pena conferir, e escolher a que mais vai encher os seus olhos, afinal, conhecer o paraíso, é estar no paraíso.

Morro de São Paulo tem o nome de algumas praias em ordem: primeira, segunda, terceira, quarta e quinta praia. Hotéis e Pousadas em Morro de São Paulo que estão localizadas na Quinta Praia são bem requintados. Entre os hotéis da quinta praia está o Hotel Vila dos Orixás, a praia é também chamada de Praia do Encanto, uma das praias mais tranquilas e desertas de Morro de São Paulo. Relaxar e conviver com a natureza, você vai poder curtir este momento só seu, no Vila dos Orixás Boutique Hotel & Spa.

Apartamentos e Bangalôs são as acomodações do hotel, com toque de charme no meio da natureza, o clean e rústico se juntam formando harmonia no ambiente.

O restaurante serve comida baiana e mediterrânea. Regado à frutos do mar, com drinks, água de côco, tudo no Orixás Beach Club.

O Kairós Spa do Vila dos Orixás, rodeado pela natureza, paz e harmonia reúne todos os benefícios para você sair com a mente e alma relax, variedade de massagens com óleos vegetais, para o corpo e também para a face.

Virou moda casar em hotel na praia, sabe porquê ? A festa é pequena, é tudo charmoso, gostoso e lindo. E porque não convidar a sua listinha de casamento para uma cerimônia na praia, de véu e grinalda ? É super romântico. O Hotel Vila dos Orixás possui também este serviço de Casamentos de Praia.

Confira no site http://www.morrodesaopaulobahiabrasil.com/pousadas-hoteis.htm

DICAS PARA FAZER UM PASSEIO DE BARCO EM MORRO DE SÃO PAULO

Fazer passeio de barco em lugares paradisíacos como Morro de São Paulo é um privilégio para quem vai desfrutar de suas férias.

Os barcos que realizam os passeios são lanchas de fibra ou barcos saveiros, dependendo do destino escolhido.

As lanchas e os barcos saveiros tem capacidade de 12 passageiros, 20 passageiros, até 30 passageiros. Os passeios feitos por estas embarcações são os passeios Volta Ilha de Tinharé com parada na Ilha de Boipeba.

Já os Barcos Saveiros são de madeira, ideais para passeios dentro de baías. Os Saveiros fazem o passeio para a Praia Ponta do Curral, Ilha da Coroa do Meio e Praia da Gamboa onde tem o famoso Banho de Argila.

Para qualquer um destes passeios você deve seguir algumas regras e dicas para que tudo esteja perfeito.

À bordo das embarcações devemos estar atentos às regras de informações dos marinheiros, que avisam quando o mar vai estar muito mexido, isso faz com o barco balance um pouco mais que o normal. Para a segurança de todos, os coletes salva-vidas estão sempre guardados no armário do barco, e são entregues somente aos passageiros que solicitarem, pois não é obrigatório usar o coleto, mas é obrigatório a embarcação ter coletes salva-vidas. Os passageiros devem sempre ficar sentados em seus acentos e não levantar, a não ser que o marinheiro solicite que quem alguém troque de lugar. Não deve-se nunca jogar-se ao mar quando a embarcação ainda estiver navegando, pois assim como as correntes Dustin Brown elite jersey marítimas, também há pedras embaixo d’água. Só podemos descer da embarcação quando ela estiver parada e com a autorização do marinheiro.

As dicas para fazer o passeio de barco em Morro de São Paulo são:

– levar sempre água

– boné ou chapéu

– protetor solar

– roupa de banho

– agasalho

– máquina fotográfica

– snorkel para mergulho

Agora você já sabe tudo para fazer um ótimo passeio de barco em Morro de São Paulo.

Aproveite!!!

Táxi Aéreo Salvador para Morro de São Paulo

Quando o assunto é avião, já se sabe que é rápido, e quem não quer perder muito tempo para chegar a Morro de São Paulo, o táxi aéreo é rápido e é uma excelente alternativa prática de deslocamento. O Táxi Aéreo é tudo de bom.

Morro de São Paulo hoje é um dos destinos turísticos mais procurados cobiçados por turistas de todo o mundo, de todas as raças, línguas e culturas. Porém não é fácil chegar a esta bela ilha, ela está situada a 36 milhas náuticas para quem viaja de barco ou 60 km de Salvador da Bahia se fosse por terra. Esta distância por mar ou terra pode durar de 3 a 4 horas de viagem, mas se a viagem for pelo Táxi Aéreo a viagem demora em média 25 minutos de vôo.

A pista de Morro de São Paulo está localizada na Quinta Praia ou Praia do Encanto são os seus nomes. Quando o passageiro chega na pista são imediatamente levados pelo carro da empresa até o receptivo da segunda praia, lá os passageiros se separam e vão para as suas pousadas ou hotéis. A distância entre estes dois locais, a pista de pouso até o Receptivo da segunda praia, é de aproximadamente 5 km.

Os vôos são regulares de Salvador para Morro de São Paulo e de Morro de São Paulo para Salvador. A frota de aviões para o Táxi Aéreo são aviões bimotor do tipo Islander e Navajo. Na baixa estação opera somente com um horário por dia, dependendo da época até 3 vezes na semana. Na alta estação e feriados o http://www.cheapnfljerseys4.com fluxo de turismo é maior operando com vôos diários e as vezes até dois vôos por dia. Também há possibilidade de fretamento da aeronave quando não há vôos regulares. As aeronaves tem capacidade para até 8 passageiros.

Como Escolher o Melhor Transporte Para Morro de São Paulo

É sempre bom pensar no melhor conforto em sua viagem, claro que temos também que pensar para qual lugar ir. Pois às vezes o difícil acesso ao local para passar as suas férias, dificulta também os transportes até o local. Geralmente é aquele paraíso que todos querem ir. Este lugar então pode ser Morro de São Paulo!!!

As opções são completas, pois é pelo ar, terra e mar.

Avião Morro de São Paulo

Avião Morro de São Paulo

O meio mais confortável de viajar até Morro de São Paulo é de Avião, são somente 25minutos de vôo, é tão rápido, que você pode ficar tirando fotos aéreas que logo estará chegando, é como ir e voltar 2 vezes de catamaran que demora 3horas de viagem cada trecho.

Há os que não curtem o avião por ser um modelo bimotor de pequeno porte, de até 08 passageiros, mas ainda assim é bem rápido.

Outra opção interessante é pelo mar, o modelo do barco poder ser tanto Catamaran ou Lancha, barcos de fibra grande, quantidade entre 26 até 80 passageiros, demoram entre 2horas e 30min até 3h, dependendo das condições do mar. Geralmente o balanço é constante, há os que gostam de barco e curtem este movimento. Tem que estar preparado para esta emoção.

A terceira e última opção de transporte é o Semiterrestre, parte mar, parte terra. A opção mais tranquila para quem não gosta de alto mar e também não gosta de voar. No semiterrestre a travessia que temos que fazer na água é dentro das baías, de Todos os Santos e de Morro de São Paulo, não estando em alto mar, por isso não temos ondas grandes.

Leia muito mais sobre os transportes no site da Zulu Turismo, lá você vai encontrar preços, horários e mais informações para melhorar a sua escolha http://www.morrodesaopaulobahiabrasil.com/transfer-salvador-morro-de-sao-paulo.html

 

Restaurantes de Hotéis em Morro de São Paulo

Os restaurantes de hotéis são bem particulares na sua culinária. Há um toque todo especial e simpático que vale a pena experimentar.

Especiarias diferentes são usadas para compôr os pratos de diferentes sabores.

Lagosta

Lagosta

Alguns Hotéis em Morro de São Paulo, possui culinária tropical deliciosa, com chefes de cozinha que atuaram em outros hotéis de turismo pelo mundo. Outras pousadas menores até contam com a sugestão dos proprietários que estão à frente de seus negócios para apresentar tudo mais familiar aos seus clientes.

Os Restaurantes de Morro de São Paulo à noite são mais charmosos, com luminárias, velas, brisa do mar soprando, aquele céu estrelado, até pode ter lua cheia, ai fica completo…

Os pratos são os mais diversos na culinária baiana, entre outros pratos tradicionais.

Moqueca é o prato mais famoso da culinária baiana, pois pode ser de peixe, frutos do mar, banana da terra, e não pode faltar o azeite de dendê, aquele azeite amarelo colhido do fruto do dendê.

O bom sempre é experimentar as delícias do lugar para onde se viaja, incluindo restaurantes de hotéis que você não pode deixar de visitar, você vai descobrir pratos deliciosos e requintados.

 

Passeio de Observação das Baleias Jubarte

O Passeio de Observação das Baleias Jubarte acontece em Morro de São Paulo, nos períodos entre julho à outubro, sem data marcada. Elas migram para acasalar e dar à luz aos seus bebês, um filhote por gestação.

Passeio de Observação das Baleias Jubarte

Passeio de Observação das Baleias Jubarte

Os passeios são agendados com antecedência, pois é um único barco que faz o passeio de navegação para encontrar as baleias em alto mar.

São milhas afora para o encontro.

No dia do passeio, 1hora antes, temos uma palestra instrutiva para todos os tripulantes do passeio, para passar as informações de comportamento do animal, quanto mais natural e calmo possível o comportamento dos passageiros no passeio, melhor será a observação.

Não deixe de fazer o passeio de Observação das Baleias Jubarte em Morro de São Paulo e ver de perto um dos maiores mamíferos da natureza marinha.

Para reservas e tarifas acesse a página à seguir http://www.morrodesaopaulobahiabrasil.com/passeio-observacao-baleia-jubarte.htm

Os passeios podem ser reservados através destes contatos com antecedência mínima de até 48h:

Zulu Turismo
reservas@zuluturismo.com.br
(75) 3652-1599
(75) 3652-1358
Morro de São Paulo – BA
www.morrodesaopaulobahiabrasil.com

Observação das Baleias Jubarte

Este é o período perfeito para a Observação das Baleias Jubarte em Morro de São Paulo, entre os meses de julho à outubro, estas gigantes do mar aparecem no nordeste, para acasalar e ter filhotes. A cada ano mais filhotes nascem para povoar o mundo marinho, incrível natureza.

Baleia Jubarte

Baleia Jubarte

Para serem avistadas, geralmente não é na costa das praias, somente de barco à algumas milhas náuticas é que podemos ver suas acrobacias na água e suas cantorias. Saem da água como se fossem voar, e voltam a cair no mar naquela leveza e ao mesmo tempo pesadas, isso mesmo, pesam cerca de 40 toneladas. Um dos maiores mamíferos que existem, dando muitos shows todos os dias enquanto estão por aqui.

É claro que nos passeios, às vezes não avistamos muitas Baleias Jubarte de uma só vez, é preciso ter paciência, afinal o mar é o seu habitat e não nosso.

As Baleias Jubarte tem aproximadamente 12 à 16metros e em média 40 toneladas, sua espécie é migratória, passa o verão em águas frias e polares, e se reproduzem em climas tropicais e subtropicais no inverno e primavera. Se alimentam na Antártica no verão e outono.

No lugar de dentes, são barbatanas que filtram os alimentos.

Seu filhote é amamentado durante 1 ano, quando com dois anos abandonam suas mães, estando aproximadamente com 9 metros de comprimento. As Baleias Jubarte vivem cerca de 50 anos de idade.

Próximos à Morro de São Paulo, Salvador e Praia do Forte são alguns dos pontos turísticos de Observação das Baleias Jubarte.